segunda-feira, 5 de setembro de 2011

EU QUERO SER SANTO

Alvo mais que a neve quero ser
Pra te honrar, pra te agradar
E em santidade eu vou viver
Em todo o tempo, pois sou teu templo
Renuncio tudo o que é impuro
Renuncio minha carne, renuncio o mundo
E os sonhos que não te glorificam
Senhor, Eu renuncio por amor
Eu quero ser santo, santo, santo
Como santo és, Senhor

Eyshila

2 comentários:

  1. Boa noite Felipe,

    Só agora vi, este lindíssimo poema.
    Me apanhaste a minha parte fraca, a mais sensível a mais vulnerável.
    Aqui, não há mão que doa. Há dor nos sentidos, nas vísceras e na alma.
    Este poema foi feito, penso que por alguém do sexo feminino, que renega tudo o que seja impuro, para ser santa. Lirismo de poetisa!
    Não é santa quem quer, mas quem o merece e para tal é vocacionado.
    Bem sei, que é poesia, e nessa forma literária podemos ter e ser tudo.
    Na vida, não é assim.

    Beijos de luz.

    ResponderExcluir
  2. Adoro muitissímo este louvor!
    Adoro outros da Eyshila também,como nada pode calar um adorador,salmo 1 e muitos outros!
    Bom Feriado pra você e fique com Deus!

    ResponderExcluir