sábado, 24 de dezembro de 2011

ALELUIA (A LUZ CHEGOU)

Hmmm o meu bebê,
O céu O enviou a mim.
O mundo todo está orando.
Quem vai salvar?
Mas quem sou eu?
Está aqui hoje,
Eu seguro aquele
Quem vai nos trazer a vida.

Aleluia,
Já foi encontrado,
Uma criança nasce
Para agora nos salvar. 
Aleluia! A Luz chegou.
Um Salvador que nos libertará,
Uma promessa para aqueles que acreditam.

Você ouve os Anjos
Que cantam para você, meu bebê?
Os homens e os reis
Se curvam para você,
Mas aqui em meus braços.

Tão perto de mim,
O filho de Deus,
Agora todos podem ver.

Aleluia! Nós fomos encontrados.
Uma criança que agora nasce para nos salvar,
Jesus, Luz, chegou. Aleluia!
Um salvador nos libertou

Então louve a Deus nas alturas. 
Ele ouve nosso clamor,
Ele ouviu o nosso grito.

Barlow Girl

Um comentário:

  1. Olá Querido Felipe,

    Como é que, ontem, um poema como este e uma música, uma canção desse género, me puderam escapar!
    Eu, que percorro, geralmente, o teu blog de alto a baixo, quase, que diariamente.
    Esta atitude involuntária, quase que é imperdoável.

    EU SEI, QUE TU E DEUS SABEM, QUE FOI LAPSO, E DAÍ, O MEU SOSSEGO, A MINHA TRANQUILIDADE.

    O poema é tão belo, tão belo, tão romântico, que eu fico meia embalada na voz de Barlow Girl, que me seduz e me dá luz.

    "ALELUIA, A LUZ CHEGOU". Chegará um dia, se Nosso Senhor quiser.

    Quando estavas a fazer esta postagem fizeste associações mentais, que eram inevitáveis.

    A outra luz, muito menos importante, muito menos significativa, chegará, um dia, também aos teus olhos, aos nossos olhos.

    QUERO E ESPERO, QUE DIGAS ESSA FRASE, ME OLHANDO.
    ASSIM SEJA.

    E me deixo ir, levada pela linda e amorosa canção, que escolheste para a LUZ, para a luz.

    Beiinhos e abraços de muito afecto e ternura.
    És, de facto, diferente e muito especial.
    Te adoro.

    ResponderExcluir