segunda-feira, 18 de junho de 2012

NÃO HÁ IMPOSSÍVEIS

Pra Deus não há impossíveis,
Da morte Ele tira vida,
De um deserto Ele faz brotar
Um rio de águas tão profundas.
Pra Deus não há impossíveis,
Das cinzas Ele ergue a sua fé,
Troca esse coração por um novo
E tudo volta ao lugar.
Quanto tempo faz que você chorou?
Quanto tempo faz que um hino te tocou?
Pra onde se foi o coração sensível ao espírito de Deus?
O que aconteceu?
Faça renascer um jardim melhor.
O céu não se fechou, a fonte ainda está lá,
Molha onde secou. Se entregue outra vez,
Pra cantar, pra chorar, pra mover o coração de Deus.

Davi Fantazzini e PG

Nenhum comentário:

Postar um comentário