quinta-feira, 29 de novembro de 2012

O EXTRAORDINÁRIO CRESCIMENTO DA FÉ

Ora, sem fé {é} impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que é galardoador dos que o buscam. (Hebreus 11.6) 


Note especialmente a primeira parte deste versículo: Sem fé é impossível agradar-lhe. O Senhor coloca em nossas mãos os meios pelos quais a fé pode ser produzida, nós é que teremos a responsabilidade de possuir ou não a fé. Ele nos informou como ela vem. 


De sorte que a fé {é} pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus. (Romanos 10.17) 

Se não temos fé, a culpa não é de Deus. Culpá-lO por nossa falta de fé é ignorância total. 

A fé para a salvação e para a cura 


A fé para a salvação é pelo ouvir, e o ouvir pela Palavra de Deus (Ef 2.8,8). 

Se, com a tua boca confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo (Romanos 10.8-10,13,14,17).

Como se obtém fé para receber a cura? Ouvindo [...] (v.27) 

Certo fim de semana, realizamos alguns cultos missionários especiais. Em uma noite de sexta-feira, depois do culto, um dos introdutores me disse que um casal de Fort Worth queria falar comigo. A mulher estava doente e queria a cura. 

O marido contou que, ao dirigir seu carro certa manhã, ouviu nosso programa pela rádio. Ouvira minha declaração de que a cura era para todos, e voltara àquela noite para contar à esposa a respeito. 

A mulher já passara por duas cirurgias graves, e estava para enfrentar a terceira. "Temos orado", disse o marido, "para que, se for a vontade Deus que ela seja curada, que Ele nos dê a fé para isso acontecer". E, assim, vieram para eu orar por ela. 

Logo de começo, contei-lhes que é antibíblico orar: "Se for da vontade de Deus". Quem coloca um "SE" na sua oração, está orando em um estado de dúvida. 
Algumas pessoas consideram que estão sendo humildes, quando na realidade, estão revelando a sua ignorância. 

É somente quando fazemos uma oração de consagração que colocamos um "SE" na oração. Isso porque, na oração da consagração, não temos certeza da vontade do Senhor. 
A palavra SE é o distintivo da dúvida, e não deve estar nas nossas orações quando estamos procurando mudar uma situação. 

Então, perguntei ao marido: "Se o Novo Testamento dissesse que Jesus tomou sobre Si as enfermidades da sua esposa, e carregou as doenças dela, não seria a vontade dEle que ela fosse curada?" Ele reconheceu que sim. Abrimos a Bíblia em Mateus 8.17: Ele mesmo tomou as nossas enfermidades e carregou as nossas doenças. 

"É da vontade de Deus curá-la!", ele exclamou. Então ela disse que também percebia o fato. Consultamos, então, o texto de 1 Pedro 2.24 e lemos: Carregando ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas, fostes sarados. 

O casal disse, portanto: "Agora, sabemos que é Sua vontade curar". 
A mulher desta história foi curada, testemunhando esse acontecimento no dia seguinte.


Livro: O Extraordinário Crescimento da Fé
Autor: Kenneth E. Hagin

10 comentários:

  1. Olá, querido Felipe!

    Fé e obras, para salvação das nossas almas e cura das enfermidades.

    Quanto ao excerto do livro, que aqui apresentaste, e que andaste a ler, segundo creio, isto se passa na América do Norte ou no Canadá, não?
    É o continente dos fenómenos e das "aberrações".
    Todo o mundo pode curar...

    Sabes a minha opinião sobre curas feitas por "A", "B" ou "C". Não vou me repetir.

    Só Deus é Senhor Absoluto. Eu sei que Jesus, morreu por nós, mas a Humanidade, onde me incluo, não tem sabido receber e merecer essa mensagem, aliás, facto verídico.

    Beijos, com ternura.

    ResponderExcluir
  2. Eu, de novo!

    SE, não exprime dúvida, mas condição.

    SE é uma conjunção subordinativa condicional.
    Ex: se eu estudar, passarei no exame.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Meu querido amigo.
    Quanto tempo não vinha te visitar!!
    Eu sempre gostei das suas postagens
    são lindas e nos leva a pensar muito mais no nosso Criador.
    Deus abençoe seu Domingo beijos,Evanir

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Olá Felipe!

    Seu texto é um verdadeiro ensino sobre como exercer a fé diante da salvação e da cura. Penso eu que, sem fé a gente nem levantaria toda manhã. A salvação é para aquele que crer e confessar que Jesus é o único Senhor de todas as coisas, e que ele ressuscitou dentre os mortos para nós dar à salvação.
    Eu creio de todo meu coração que Jesus morreu no madeiro por amor a humanidade e ressuscitou entre os mortos para nos Libertar, Curar e Salvar...
    Grande abraço Felipe!

    ResponderExcluir
  6. Ah Felipe!

    Nem questiono o poder da oração e da fé, pois quem realmente crer na palavra de Deus será curado.
    Como tbm sei que ha homens de Deus preparados através de orações e jejum.

    QUEM CRER SERÁ CURADO!

    FELIPE TE DESEJO UM FELIZ NATAL E UM NOVO ANO CADA VEZ MAIS ABENÇOADO PRA VC E PRA TODOS NÓS.

    BJOS

    ResponderExcluir
  7. Nossa, que abordagem interessante! Fiquei até surpreso. Às vezes a gente esquece mesmo de levar princípios valiosos e básicos como esses em consideração quando oramos. Ótimo post.
    Até mais! :D

    ResponderExcluir
  8. Oi, querido Felipe!

    Te desejo, DE CORAÇÃO, um feliz e santo Natal e que 2013 seja um ano de prosperidade e amor.
    Esses votos são extensivos à tua família, também.

    Beijos e abraços, com carinho.

    ResponderExcluir
  9. Querido,Felipe.
    NESSA NOITE VENHO DESEJAR UM SANTO NATAL PARA VC E SUA FAMILIA
    PAZ AMOR E LUZ DE JESUS,EVANIR.

    ResponderExcluir
  10. Filipe acabei de conhecer seu blog e vejo que esta foi a última postagem desde 2012. Espero que vc continue postando. Não conheci tudo aqui, mas pretendo voltar e ler outras postagem. Faz isso, é muito bom ter jovens como vc com um proposito firmado em Cristo Jesus, muitas vidas podem ser edificadas. Tmb tenho blog faz uma visitinha e deixa sua marca lá. Depois eu volto para te seguir tá. Fica na paz do Senhor Jesus.

    ResponderExcluir