domingo, 24 de fevereiro de 2013

O BENEFÍCIO DE SER PERDOADO

E não ensinará alguém mais a seu próximo, nem alguém, a seu irmão, dizendo: Conhecei ao SENHOR; porque todos me conhecerão, desde o menor deles até ao maior, diz o SENHOR; porque perdoarei a sua maldade e nunca mais me lembrarei dos seus pecados. (Jeremias 31.34)

Quem nasce de novo não precisa ser ensinado a conhecer o Senhor, pois o Santo Espírito lhe ensinará tudo. O novo nascimento começa com a aceitação de Jesus como Salvador, segue no batismo nas águas e no arrependimento de obras mortas. Por isso, quem defraudou alguém ou lhe causou qualquer prejuízo material, moral ou espiritual, precisa procurar tal pessoa e se compor com ela, ou o processo da recriação não se completará.

No novo nascimento, somos perdoados de todas as maldades que cometemos. O perdão é tão completo que o Senhor garante que não mais Se lembrará dos nossos pecados (Hb 10.17). Por isso, não podemos deixar que o inimigo nos convença de que algo ficou para trás, pois, se isso tiver ocorrido, não conseguiremos o que o Altíssimo disse por intermédio de Jeremias. Além disso, por não abrirmos o coração, sequer nasceremos de novo.

O versículo citado declara que quem não obtiver o perdão completo não conhecerá jamais o seu Deus. Aí está o grande prejuízo! A pessoa está na casa de Deus, gosta de ouvir a Palavra, fica emocionada com a operação divina, mas não consegue conhecer o seu Pai, seus direitos nEle e, por fim, não consegue usar o Nome do Senhor com sucesso. Por isso, a cura não vem, a libertação não ocorre, e o pior é que a porta estará sempre aberta para o  diabo.

O perdão já foi concedido por Deus e está à sua disposição; porém, se não for assumido, você continuará em pecado e terá grandes problemas na eternidade. Jesus ensinou-lhe a se livrar do seu adversário enquanto está a caminho com ele; caso contrário, ele o entregará ao juiz, e este ao oficial de justiça que o colocará na prisão (Mt 5.25). Seja sábio e não demore em procurar a quem você ofendeu; pois, se deixar para amanhã, poderá ser tarde.


5 comentários:

  1. Oi Felipe!

    Por isso não é fácil a salvação!

    São poucos, os que conseguem perdoar.

    Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  2. Oi, querido Felipe!

    Perdoar, é por si só uma palavra, um verbo, um conceito vasto, mas simples.

    DEUS É MUITO BOM, É PERFEITO, e está tudo dito.

    Sabes, consigo perdoar, mas não consigo esquecer.

    NUNCA ESQUEÇO A MENTIRA. Outras imperfeições, até que esqueço. E quem veste pele de cordeiro, sendo lobo? Não consigo aceitar, mesmo.

    Tenho de pedir a Deus e aos meus santos, que me ajudem a melhorar e a alterar este meu procedimento.

    Bom domingo.
    Beijos com muito carinho, estima e amizade.

    ResponderExcluir
  3. Amei...nada melhor do que o perdão, para nos levar a regeneração da nossa vida!!


    bjss querido!!!

    ResponderExcluir
  4. Ola Felipe, foi por acaso (na minha concepção) que encontrei o seu blog, mas, já fui abençoada pelas suas postagens, esta tudo muito bom e bonito. Sem contar que dá para perceber que você tem temor e sabedoria de DEUS na sua vida.
    Que DEUS lhe abençoe nessa vida e caminhada...

    E se quiser fazer uma visitinha ao meu blog foradecrise.blogspot.com.br será muito bem vindo!

    ResponderExcluir
  5. Ao passar pela net encontrei o seu blog, estive a ler algumas coisas e posso dizer que é um blog fantástico,
    com um bom conteúdo, dou-lhe os meus parabéns.
    Se desejar faça uma vista ao Peregrino e sevo e deixe o seu comentário.
    Sou António Batalha, do Peregrino E Servo.

    ResponderExcluir