quinta-feira, 19 de setembro de 2013

ADÚLTERAS E ADÚLTEROS

Eu porém, vos digo que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar já em seu coração cometeu adultério com ela. (Mateus 5.28)

É importante encontrar a causa das nossas quedas. Na verdade, é sempre o desrespeito à Palavra que nos leva a cair. Então, se fatos desagradáveis têm acontecido em sua vida, verifique o que você tem feito com o que Deus lhe fala, examinando o porquê de certas situações; caso contrário, você sofrerá muitas derrotas. Abra o coração, confesse seu erro e peça a libertação; dessa forma, o Espírito do Senhor o fará encontrar a Palavra, a qual o libertará.

Só há libertação com o conhecimento da Verdade (Jo 8.32). Jesus não nos advertiu à toa, pois a Bíblia diz que o pecado jaz à porta (Gn 4.7b). O diabo não brinca em seu sujo serviço de nos tentar e se esforça muito para nos tirar da presença de Deus, a fim de nos impedir de cumprir nossa missão de servir ao Senhor em santidade (1 Ts 4.3,7). Logo, quem não vigia cai em tentações e, depois, sofre terrivelmente, pois, fora da presença divina, as setas do destruidor o atingem.

O Mestre disse que basta atentarmos em uma pessoa para que sejamos considerados adúlteros. Ora, atentar é olhar com atenção, observar. Quem faz isso logo sente um desejo surgir em seu coração e, ao não se livrar dele, fatalmente comete pecado. Por isso, nem de longe ceda ao que o diabo lhe oferece nem se imagine com quem não é seu cônjuge. Cuidado! O Senhor falou de algo sério que poderá até excluí-lo do Reino de Deus (1 Co 6.10).

Um comentário:

  1. Suas palavras expressam a verdade sobre o perigo do pecado. O que temos que lembrar é que o prazer do pecado é tão transitório, que não vale o sofrimento que o acompanha a seguir. Certa vez, quando mais jovem estava para cair em uma tentação sexual, apaixonada, nos braços de um homem que Deus não aprovava, quando o Senhor colocou o seguinte texto, martelando fixamente: "o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus, permanece para sempre. "
    Que Deus o abençoe mais e mais como proclamador da Sua Palavra!

    ResponderExcluir