quinta-feira, 14 de novembro de 2013

CURSO FÉ - LIÇÃO 1: DETERMINAÇÃO - 1°PARTE

Nesta nossa primeira lição sobre a fé vamos aprender o que é determinação.
Em João 14.13, temos a seguinte promessa do Senhor Jesus: E tudo quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.
Segundo os entendidos na língua grega esta palavra pedirdes está mal traduzida. Teria sido melhor DETERMINARDES. Então, aqui está a primeira lição. Não precisamos pedir a bênção e sim determinar, exigir, mandar, ou seja: tomar posse daquilo que aprendemos pela Palavra que nos pertence.
Há muita coisa nova que vamos aprender nestas lições sobre a fé, e sempre que aprendemos algo, devemos colocar logo em prática. Não devemos ser lerdos em tomar posse daquilo que é nosso. Quando o Senhor nos dá uma revelação, junto a ela Ele nos dá a bênção.

COM VOCÊ TAMBÉM

A partir de agora, não precisamos mais orar pedindo a cura, a prosperidade ou a vitória sobre as tentações. Mas, determinar ou exigir que o mal saia da nossa vida.
É fácil. Quem nos garante é o próprio Senhor Jesus (João 14.13).

APRENDENDO A DETERMINAR

Determinar é marcar tempo, fixar, definir, prescrever, ordenar, estabelecer, decretar e decidir.
Quantas pessoas passam o tempo todo sofrendo, enquanto oram pedindo a Deus que as cure, solucione os seus problemas, salve os pecadores e faça uma porção de coisas? Não sabem que na verdade é o Senhor que tem estado o tempo todo esperando que elas determinassem para que Ele pudesse fazer a obra.

DETERMINAR É EXIGIR DE QUEM?

É claro que não podemos exigir de Deus. Não podemos mandar que Deus faça isto ou aquilo. Ele é o Senhor e nós servos. Mas, determinar não é ordenar a Deus e sim ao diabo que tire de nós suas garras e desapareça de nossas vidas, de nosso dinheiro e de nossas famílias. Determinar é obedecer ao Senhor. Quando agimos assim, descobrimos que este é o modo de fazer o inimigo nos obedecer.
Quando determinamos em o Nome de Jesus, o poder de Deus entra em ação realizando aquilo que queremos.

---Continua---

3 comentários:

  1. Boa noite Felipe!!
    Uma bela atitude. Determinação começa levando onde queremos e precisamos chegar.
    Beijos amigo e boa noite!
    Ah e feliz dia das crianças!!!
    :D

    ResponderExcluir
  2. Bonjour mon adorable Felipe,

    Li tua postagem, com muita atenção.
    A nível da expressão escrita, está de fácil compreensão e o texto está bem apresentado e dividido.
    Mesmo, eventualmente, os menos letrados, conseguem entender, muito facilmente, o que tu escreveste.
    Deste os sinónimos para o verbo determinar e esses são os que nos indicam qualquer dicionário de Lingua Portuguesa.
    Quem determina, MANDA, EXIGE.
    Se eu te disser: "Felipe, coma essa maçã" , eu estou te dando uma ordem, e simultâneamente, exigindo, que o faças.
    Mas como afirmas, nós, não podemos exigir de Deus. Claro, Ele é Nosso Pai, e são os Pais, que exigem de seus filhos e não o contrário.
    Portanto, Determinar, em matéria religiosa, será dar uma ordem a Satanás, para que se afaste de nossas vidas.
    Determinar não se poderá aplicar a Nosso Senhor (aliás, não teria lógica), ele é o Senhor e nós os servos, no bom sentido.
    Jesus espera e continua esperando, que as pessoas lhe peçam com fé e com verdade, aquilo, que pretendem. Jesus conhece nossos corações, e nos concederá a graça ou não, consoante a nossa determinação.
    Mas determinar, nem sempre é, infelizmente OBEDECER.
    Determinar significa delimitar, indicar com exactidão, fixar, diferenciar, persuadir, resolver, ORDENAR.
    Em Filosofia, DETERMINAR, significa condicionar de modo necessário e suficiente; em Matemática, DETERMINAR, significa, encontrar, achar a solução.
    Determinar vem do latim "determinãre", é um verbo reflexivo e significa à letra decidir-se, assentar.
    Como sabes a Língua Portuguesa deriva do Latim, e nele nos temos, que basear.
    Quanto ao "pedirdes" e segundo os entendidos deveria ser "DETERMINADES", não sei se terão razão, tenho dúvidas.
    Resumindo, podemos e devemos pedir, SEM EXIGIR,
    de Deus, mas Determinar, que Satanás saia de nossas vidas, deixando de nos causar tantos tormentos.
    Hoje, irei abrir a Bíblia, o que já não faço há muito tempo, e procurarei em S. João 14.13, o que indicas na tua postagem.
    Sou católica, como sabes, e por isso, devo estar alerta. Quero a verdade e a vida.
    Parabéns pelo curso, que hoje, iniciaste, e parabéns a todos aqueles(as), que o desejem seguir.
    Da discussão nasce a luz, o entendimento, tendo como base, e neste caso, a Bíblia.
    Não podemos deturpar ideias nem frases. Tem de ser preto no branco.
    Esse comentário longo, se exigia. Eu preciso entender, esmiuçar e fazer os outros entenderem.
    Não tenho conhecimentos de Teologia, o que, agora, me daria muito jeito.
    Se entenderes responder às dúvidas, perguntas, que teus comentaristas/seguidores te possam pôr, penso, que o deves fazer.
    Afinal, és tu, quem está ministrando o curso, e dele responsável em teu blogue, que é público, naturalmente.
    MAS SÓ DEUS CONHECE OS CORAÇÕES!

    Baisers de lumière e de FOI (Fé).

    ResponderExcluir
  3. Belíssimo seu blog.
    Passo aqui, leio, medito, reflito
    me alimento da Palavra de Deus, que renova sempre, mesmo sendo os mesmos versículos que já andei lendo, mas, a cada dia Deus tem um diferencial para erguer a nossa fé.
    sustentar naquilo que preciso e creio

    Oro a Deus para continuar te abencoando, te capacitando para levar sua mensagem, sempre tem um que precisa ler, muitos não entendem, mas com certeza terá impacto...e um coração se abre para entender os mistérios de Deus...

    Abraços
    Giovanna

    ResponderExcluir