sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

CURSO FÉ - LIÇÃO 3: OS NOSSOS DIREITOS AS BÊNÇÃOS - PARTE FINAL

COMO EXERCER ESTE DIREITO
Todo e qualquer direito não reclamado é direito inexistente. Ler estes versículos e dizer que acredita neles sem colocá-los em prática ou exigir o cumprimento deles é o mesmo que dizer a Deus que não temos absolutamente um só pingo de fé n'Ele.

Exercer o direito é tomar uma atitude. Se Deus assim se expressa, declarando que já fomos sarados pelas feridas de Jesus, isto é verdade e assim tem que acontecer na nossa vida.

Exercer o direito é dizer ao diabo que já sabemos que acabou o cativeiro dele na nossa vida e que, a partir de agora, não mais permitiremos que ele nos ataque e nos destrua. É dar um basta no sofrimento.

EXERÇA O SEU DIREITO

Diga ao diabo que, de agora em diante, você não se submeterá aos seus ataques, que você acabou de conhecer a Verdade, e a Verdade está libertando você completamente. Diga-lhe que você nem vai pedir a Deus que o cure ou que lhe dê qualquer outra bênção, pois isso Ele já fez. Dirija-se ao inimigo e ao sofrimento que ele colocou em você e repreenda-os, exigindo em o Nome de Jesus que desapareçam de sua vida e saiam completamente.

Confesse que você já foi curado e liberto de todas as maldições por Cristo Jesus na Sua morte na cruz.


ORAR CHEGA A SER DESNECESSÁRIO

Para sermos curados, não precisamos orar, jejuar ou ficar pedindo a todo mundo que ore por nós. Tudo que temos a fazer é: toda vez que o diabo vier nos trazer um mal, não importa o mal que for, devemos dizer-lhe que não o aceitamos e, ao mesmo tempo, exigir que aquilo não entre em nós. O Espírito Santo lhe diz: ...Resisti ao diabo, e ele fugirá de vós (Tg 4.7).

Exercer o direito é assumir o que a Palavra de Deus lhe diz que Jesus realizou em seu favor. Ela declara que Ele sofreu no Seu próprio corpo as nossas doenças e enfermidades. Então, recuse terminantemente carregar aquilo que Jesus já carregou em Seu lugar. A Palavra declara que Ele foi feito maldição em nosso lugar para que ficássemos livres das maldições da Lei; então, não permita que o inimigo traga para a sua vida nenhuma maldição. Você já está livre!

Neste momento, creia no que o Senhor afirma e, firmemente, ordene ao diabo em o Nome de Jesus que saia completamente de sua vida, levando tudo aquilo que é dele. Exerça o seu direito de desfrutar de todas as bênçãos compradas para você pelo Senhor, que o amou a tal ponto de morrer na cruz, tornando-Se maldição em seu lugar.

Entenda, Jesus sofreu as suas doenças e todas as suas maldições. Você não tem que sofrê-las mais. A Palavra de Deus afirma que, fôssemos curados, Ele Se enfermou com as nossas enfermidades: Todavia, ao Senhor agradou moê-lo, fazendo-o enfermar...(Is.53.10).

---Continua---

4 comentários:

  1. Felipe, A Palavra de Deus é nossa fortaleza, nosso refúgio, a nossa riqueza...é a maior benção que podemos ter na nossa vida, que Deus nos deu gratuitamente...em todo instante, quando depositamos o nosso EU no Senhor, quando confiamos a nossa vida em suas mãos... Deus conhece cada coração, e sabe o que há nele, o que sente mesmo antes de pedirmos algo, seja o que for... ele nos atende, nos conforta... Jesus nos deu a sua graça, nos ensinou o seu amor, não devemos viver mendigando milagres, bençãos... eles fluem natural quando deixamos Deus agir a nosso favor...o inimigo tenta, tenta, mas não devemos deixar e sermos tentados, Deus nos deu autoridade para expulsar as açções do unimigo, ou eu creio e as bençãos acontecem ou eu não creio e vivo nas tribulações... eu prefiro passar no estreito todos os dias e crer que no final eu recebo as bençãos, todas as minhas manhãs são ofertadas para Deus e no decorrer do dia eu conto os milagres e as bençãos, pois meu coração está voltado para o céu... o inimigo ele não faz parte da minha caminhada... pois em nome de Jesus eu o livro ele de mim a todo instante....

    Sou grata a Deus por abençoar você com suas mensagens deixada em cada post...aprendemos muito, pois a cada mensagem minha ou sua mesmo sendo o mesmo versículo, existe uma riqueza de lindas interpretações... pois a Palavra de Deus é viva e eficaz, e ela se renova a todo momento.

    Deus continue te abençoando grandemente.
    Abraços
    Giovanna

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde querido Felipe,

    A tua postagem, hoje, me deixou, um pouco confusa. E porquê?
    Então, pelo que li este mundo é "governado" por Satanás(já tinhas referido?).
    Deus já fez o que tinha, que fazer por nós, como afirmas, dando sua vida no madeiro, certo?
    Agora, termos de ser nós a dar ordem a Satanás para largar nossa vida.

    Dizes, como título : "ORAR CHEGA A SER DESNECESSÁRIO".

    Frase polémica, confusa e que pode levar mesmo à descrença, não no PAI, mas naquilo, que lhe deveremos DETERMINAR.
    Então, me explica, por favor, por que se faz, por exemplo, na "nossa" igreja a "ORAÇÃO PELA FAMÍLIA"?
    Por que fazemos preces, quando há um tsunami, um cataclismo, que matou centenas e centenas de pessoas e desalojou outras tantas?
    É obra de Satanás, tavez, me respondas.
    Então, quando no Livro do Apocalipse é descrito como será o Armargedon (creio, que não está bem escrito, mas não tenho a Bíblia à mão), tudo será obra de Deus, isto é, Deus nos diz, que aquelas coisas terríveis irão acontecer, mas, por vontade de quem e para castigo de quê e de quem?
    Ou terá de ser assim, para que, reine um novo mundo, sem malignidade.
    Quando na Bíblia se afirma, não sei onde, "Quem estiver em cima da árvore, não desça" "infelizes, dos que estiverem a amamentar"
    (são palavras minhas, e não textuais, como entendes).

    Acreditas, que se dermos ordem a Satanás, para que largue nossa vida, e o façamos com o CRER no coração, eu não terei mais doenças, tu não terás qualquer tipo de problema mais grave, etc.

    Não serão arrojadas e até mesmo "inocentes" essas afirmações?

    Me respondes: está escrito na Bíblia em Marcos, Mateus, joão, capítulo X, versículo Y.

    Lamento, que os fundadores de igrejas, mais antigas ou mais recentes, não tenham se sabido entender uns com os outros. Afinal, Deus é amor, é união e não desavença.
    Todos somos irmãos em Cristo. Porquê esse ódio, essa desavença, essa história, de que a igreja, que fundei, agora, é melhor que a tua.

    Religiões de todo o mundo vos uni, porque Deus há um SÓ.

    O teu coração é muito puro, eu sei, embora, quando necessário te saibas posicionar, te defender, tendo, sempre como base a verdade, em que acreditas.

    Um dia, verás, que não é assim. Te lembra dessas palavras, que acabo de dizer, no dia 20 de Outubro de 2011.

    SÓ DEUS CONHECE OS CORAÇÕES!!!!!!!

    Beijos de muita luz e sinceridade.

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde querida Emília,

    Sabemos que somos de Deus, e que o mundo inteiro jaz no Maligno.(1João 5:19)

    Não, o mundo não é governado pelo diabo, pois o Senhor é que é o Rei dos reis. O sentido é que o mundo está mergulhado no pecado e se opõe a Deus, e os filhos de Deus estão em santidade, sendo, por isso mesmo, perseguidos pelo mundo. Chegará o Dia do acerto de contas, quando Deus chamará cada um para ser julgado por suas obras. Aqueles que viveram de acordo com os valores do mundo serão condenados, enquanto que os que pautaram sua vida pela Palavra serão salvos.

    As coisas horríveis a que referes, irão acontecer pela permissão de Deus para a condenção dos pecadores por causa de toda desobediência.

    Quando se diz que orar chega a ser desnecessário, está se referindo ao fato de orar mendigando as benção. Ou seja, se Deus diz que pelas feridas de Jesus somos curados, torna-se desnecessário dizer: Deus me cura, me cura Senhor. É aprtir daí que devemos orar determinando a saida do mal, como Jesus ensina em João 14.13.

    Orar pedindo a Deus algo que Ele declara já nos ter feito, é desnecessário.

    Desnecessário significa: Não obrigatório; ou seja, se não há fé e crença no que diz o Senhor, o ser humano ora sem entendimento.

    Orar pela família significa interceder por eles, por aqueles que estão perdidos e para que Deus fortaleça aos que estão firmes em Sua presença, pois Deus diz: Mas, se alguém não cuida dos seus, e especialmente dos da sua família, tem negado a fé, e é pior que um incrédulo (1º Timóteo 5.8). E até mesmo determinando a saída de todo mal da vida de nossos entes, pois Deus diz: ... Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa.(Atos 16:31)

    Devemos lutar, contra todo mal, determinando, para que se cumpra a Palavra do Senhor sobre os nossos.

    Há fenômenos da natureza que envolve força maligna, como já deves ter visto em Marcos 4. 39, ou o juízo do Senhor Deus sobre os homens, os quais, a despeito de todas as advertências da Palavra e dos convites ao arrependimento, teimam em permanecer rebeldes ao Senhor, e há casos aonde os fenômenos da natureza são causados pelo prórpio Homem.

    Diante de tudo isso cabe ao homem orar clamando pela intervenção de Deus e, quando se deve, determinar a saída do mal.

    Quem diz que devemo dar ordens a Santanás é o prórpio Deus, e não eu, em Lucas 10.19: Eis que vos dei autoridade(poder) para pisar serpentes e escorpiões, e sobre todo o poder do inimigo; e nada vos fará dano algum. E em Marcos 16.17: ...em meu nome expulsarão demônios...

    Emília, a verdade em que acredito está na Palavra do Senhor e não nas igrejas e nem em doutrinas de homens. O Senhor nos mostrar como viver. Porque não obedecê-lO? Será difícil abandonar as coisas as quais Deus condena?

    Bjs, tenhas uma abençoada tarde.

    ResponderExcluir
  4. Boa noite Querido Felipe,

    Gostei, que me tivesses respondido, aqui.
    Percebi tudo o que disseste, mas tenho algumas dúvidas, que te porei, posteriormente.
    O últimoo parágrafo, que escreveste na tua resposta ao meu comentário merece nota mil (eu sei, que não há).

    Beijos de luz e de sinceridade.

    ResponderExcluir