quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

CURSO FÉ - LIÇÃO 5: A FÓRMULA DA ORAÇÃO - 1° PARTE

A oração é uma das coisas mais importantes da nossa vida. Ela é o recurso que temos nos momentos difíceis e dela todos os seres humanos fazem uso.

Apesar de tudo o que a oração é e representa para o cristão, são poucos os que sabem fazê-la. Quando os discípulos de Jesus viram que Ele obtinha sucesso em todas as suas orações, chegaram-se a Ele, e Lhe pediram que os ensinasse a orar. Certamente que existe uma maneira correta de fazer aquilo que Deus considera como oração. Os heróis da fé sabiam fazê-la, e, por isso, venceram reinos, praticaram a justiça, alcançaram promessas, fecharam a boca dos leões, apagaram a força do fogo, escaparam do fio da espada, da fraqueza tiraram forças, na batalha se esforçaram e puseram em fuga exércitos de estrangeiros. Sim, tudo isto e muito mais conseguiram, porque sabiam fazer aquilo que pelo Senhor é considerado como oração.

E você, já sabe fazer a oração que move a mão do Senhor e faz com que o poder celestial opere em seu favor? Há muita coisa boa esperando por você. Aprenda a fazer a oração da fé e passe a desfrutar do melhor desta vida.

Não vamos, nesta lição, estudar todos os tipos de orações, mas a fórmula da oração que devemos fazer para vencermos os males. Existe tal fórmula?

Sim. No livro de Isaías 43.26, está escrito:
Procura lembrar-me; entremos em juízo juntamente; apresenta as tuas razões, para que te possa justificar.

Temos aí nesta declaração de Isaías a fórmula da oração que nos fará vitoriosos.

1°-PROCURA LEMBRAR-ME

Ao entrarmos na presença do Senhor, devemos fazê-Lo saber que estamos ali porque somos Seus filhos, porque a Palavra dEle nos garante a bênção e porque acreditamos que Ele é poderoso para nos conceder a graça. Se quisermos ser atendidos em nossa petição, temos que entrar em Sua santa presença, lembrando-O de tudo aquilo que a Sua Palavra nos promete e garante nos pertencer.

Alguém poderá perguntar se Deus é esquecido. Poderá questionar que - desde que Ele é onisciente - Ele sabe tudo e, por isso, não precisamos lembrá-Lo. Ainda poderá argumentar que o próprio Senhor Jesus ensinou que o Pai sabe do que precisamos antes de Lhe pedirmos a bênção, pois foi assim que Jesus ensinou: ...porque vosso Pai sabe o que vos é necessário antes de vós lho pedirdes (Mt 6.8).

Não é que o Senhor tenha estes ou quaisquer outros problemas, nem que existam contradições na Bíblia Sagrada. Isto nada tem a ver com o ensinamento de Jesus que acabamos de ver. O que realmente o Senhor quer dizer por lembrar-me, é o seguinte:

Quando vamos orar, nem sempre estamos desligados das coisas materiais que nos cercam. Muitas vezes, estamos tão rodeados pêlos problemas que não conseguimos nos concentrar, nos ligar em Deus, e a nossa oração fica vazia e destituída de fé, poder e autoridade e, por conseguinte, não recebemos o que pedimos ou determinamos.

Quando começamos a orar lembrando ao Senhor as Suas promessas, estamos na verdade fazendo mais bem a nós do que propriamente lembrando a Deus. Estamos como que "escovando" o nosso espírito, "lustrando" a nossa verdadeira pessoa - o nosso espírito. Ao lembrar ao Senhor tudo aquilo que nós conhecemos e cremos na Sua Palavra, estamos verdadeiramente de novo, ou pela primeira vez, dando ouvidos à Palavra de Deus; sabemos que é por dar ouvidos à Palavra que a fé vem ao nosso coração. Então, estamos fazendo, na verdade, um bem infinitamente maior à nossa própria pessoa.

Aqueles que usam este método sabem que isto é verdade, pois Deus não precisa de que nós O lembremos para que Ele próprio fique ciente de que nos havia prometido aquela bênção.

---Continua---

2 comentários:

  1. Bom dia Querido Felipe,

    Que linda e consciente postagem!
    As figuras de estilo, mormente as hipérboles me deliciam. Eu sou sonhadora, mesmo.
    Tenho uma pessoa muito especial, de quem gosto muito e que diz: Vamos pensar junto? Adoro essa frase sua.
    Ah! Mas, quando é necessário ralhar, me chamar a atenção, essa pessoa, ESPECIAl, também o faz.
    Como devemos orar, fazer a oração?
    Nos ensinaste, aqui, e com fundamento Bíblico, como devemos proceder. Muito bem explicado.
    Sabes, sempre fiz, assim, mas devo te confessar, que, às vezes a minha mente foge para o mundo exetrior e lá fica o espírito sozinho, coitado.
    Mas Deus já me conhece. Já falámos muitas vezes, e às vezes, quando Deus tem muita gente pra escutar, eu falo, com alguém, que interceda, junto d' Ele.
    Não te zangues! Eu sei. Tu já me explicaste, no mínimo uma dezena de vezes, mas eu sou assim, Felipe.
    Vá, me dá um abraço! Virtual, claro! (Não penses, que isto é só palavreado, tu me conheces bem) Pazes feitas, sim?

    PARABÉNS PELO TEU CARÁCTER, QUE DEUS TE DEU. NAO É A RELIGIÃO, QUE TE FAZ, QUE TE TORNA MELHOR, TU JÁ O ÉS.

    Beijos de muita ternura e luz.

    ResponderExcluir
  2. Olá Felipe, Konbawa - Boa Noite em japones

    eu estou sempre em oração, a qualquer instante me pego em oração, seja dirijindo, na escola, nas atividades, nos treinos, gosto de caminhar, oro, as vezes vou buscar minha filha na escola que fica a 2 quadras de casa, oro...lavando louça, fazendo comigo... mas estou orando, vou me lembrando para quem eu tenho que orar...oro
    as pessoas me ligam e diz Giovanna ora por mim,,,, e me fala a causa... não esqueço, pois estou sempre em oração, pois sei que a oração é ouvida por Deus quando feita de coração...
    Se eu fosse mencionar a quantidade de bençãos que recebi através de orações, daria um livro... e foram orações atendidas quase de imediato, alguma coisa que parecia impossível, mas Deus respondia, outras vieram com o tempo, com a confiança, o clamor, o rasgar coração mesmo...

    O poder da oração.

    Fique com Deus e vc está presente em minhas orações, todos os dias
    um grande abração pa ti
    Giovanna

    ResponderExcluir